a Ferver
Guerra judicial entre Bárbara e Carrilho está à beira do fim
Juíza interrompeu o período de férias e quer sentença até ao final deste mês.
  • Partilhe
João Monteiro de Matos
04/09/2017 01H37
Bárbara Guimarães
Foto: David Martins
Passadas as férias judiciais, as alegações finais do processo por violência doméstica que envolve Bárbara Guimarães, de 44 anos, e Manuel Maria Carrilho, de 66, recomeçam amanhã no Campus de Justiça, em Lisboa.

A juíza encarregue do caso informou que, apesar de ainda estar de férias, decidiu interromper o período de descanso para presidir àquela que espera ser a última sessão de alegações finais, visto querer ditar a sentença ainda durante este mês.

Ao que o Correio da Manhã conseguiu apurar, a próxima audiência deverá contar, pela primeira vez durante o decorrer deste processo, com a presença da apresentadora de televisão.

Recorde-se que este caso remonta à madrugada de 21 de maio de 2014, quando o ex–ministro da Cultura terá forçado, de forma agressiva, a entrada em casa de Bárbara e do ex–companheiro Kiki Neves, depois de ter recebido, às 5h38, uma chamada telefónica do filho Dinis, à data com 11 anos, a queixar-se de estar sozinho em casa com a irmã, Carlota, na altura com três anos de idade. 

Procuradora pede condenação
A procuradora encarregue do caso já tinha pedido, em julho, a condenação de quatro anos com pena suspensa e serviço comunitário  para o ex-professor de Filosofia, que sempre alegou estar inocente neste caso.
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
OPINIÃO
  • Sentir
    Um disco de memórias com sons que apelam às gerações mais velhas.
    Uma espécie de fado rock
    Está consumado em música nova o regresso dos Xutos & Pontapés ao ativo depois da morte de Zé Pedro.
  • Apresentações já estão feitas
    Recém-casada com a diretora de Programas da SIC, a atriz de ‘Paixão’ enumerou os benefícios de uma família equiparável ...
    Utopia
    Para David Byrne, a Utopia é um sentimento interior positivo.
  • Ele ainda não acabou
    Ver Manel Cruz foi arrebatador, extasiante, quase catártico.
    Surpresa para um camaleão
    Ex-favorito do Festival da Canção sabe que para quem é artista conta tudo aquilo que está em seu redor.
horóscopo
EM DESTAQUE
CARANGUEJO
22 JUNHO - 23 JULHO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina