Crónicas
Sociedade Recreativa
Elegância
por Fernando Sobral
Françoise Hardy sempre navegou num mar de sentimentos cinzentos.
  • Partilhe
SÁBADO 12 MAIO - 00H
Nestes dias em que se recorda o Maio de 1968 em Paris sabe sempre bem voltar às margens do rio Sena para escutar os sons da música francesa, que praticamente deixaram de se ouvir em Portugal.

Françoise Hardy  foi, de alguma maneira, a face jovial da pop francesa na década de 1960. Hardy, na altura, despertou a atenção de Mick Jagger, que viu nela uma face e uma voz enigmática.

E depois havia a forma apaixonada como ela cantava. As suas canções eram melodias perfeitas, a pop na sua forma mais pura. Agora, já com mais de 70 anos, regressa com um disco sedutor, "Personne d’autre", onde a atmosfera geral é dada pelos arranjos orquestrais e pelo som das guitarras acústicas amplificadas, que buscam a delicadeza da voz da cantora, que também é autora de alguns dos temas.

Oiça-se, por exemplo, a notável canção que é "Seras-tu Là" ou, também, "You’re my Home", o tema em inglês de Yael Naim e David Donatien, outro momento emocionante. Não há aqui canções alegres, nem isso seria de esperar, porque Hardy sempre navegou num mar de sentimentos cinzentos que nos fazem pensar.

A sua pop nunca quis ser imediata, e temos de lhe agradecer por isso. Mas, recorde-se, ela nunca ficou presa nesses infinitos anos 60. Colaborou com Iggy Pop e com os Blur e sempre disse ter um prazer especial em escutar os Jesus and the Mary Chain, que parecem nos antípodas da sua sensualidade lírica. O que há sobretudo em Françoise Hardy é a memória da elegância na música, algo que se foi perdendo ao longo do tempo. Algo que este álbum recupera com muito brilhantismo. 
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Sociedade Recreativa
horoscopo
EM DESTAQUE
TOURO
21 ABRIL - 21 MAIO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright 2014 - Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.