SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER
Crónicas
Sociedade Recreativa
Elvis, o rei
por Fernando Sobral
As suas canções, a presença, a sua voz, permanecem eternas.
  • Partilhe
SÁBADO 26 AGOSTO - 01H
Há 40 anos, Elvis Presley foi oficialmente considerado morto na sua casa de Graceland. Mas, tantas décadas depois, ainda há quem acredite que o rei do rock’n’roll está vivo. Todos os anos, durante Agosto, legiões de fãs de Elvis deslocam-se em romaria até perto da sua derradeira morada, à espera de um sinal da ressurreição. Compreende-se: os mitos nunca morrem. Vagueiam nas nossas memórias e tornam-se imortais.

Não importa a lenta caminhada de Elvis para o abismo, ajudado pelos 10 mil comprimidos que tomou, receitados pelo doutor Nicholopoulos, e que lhe destruíram o coração ou o encontro com o então presidente Richard Nixon, a quem propôs ser agente secreto para combater os comunistas e os Beatles. Nada disso é relevante para os fãs. As suas canções, a sua presença em palco, a sua voz fluida (que juntou o blues, o gospel, o country, o rythm and blues e o rockabilly numa fórmula mágica), permanecem eternas.

Nascido em Tupelo, Elvis sempre viveu obcecado por Memphis, a grande cidade dos grandes guitarristas de blues e da editora Sun, que fez a fama de Johnny Cash, de Jerry Lee Lewis e do próprio Elvis (e que seria a capital da Stax da grande soul de Otiss Redding e Isaac Hayes). Elvis nasceu no tempo certo: quando os jovens queriam libertar o corpo e descobrir a música rock. Elvis transformou o panorama moral dos Estados Unidos, sendo a face de uma música "pecadora", aos olhos de uma sociedade muito fechada. As suas canções continuam frescas. E agora, 40 anos depois, percebe-se porque o culto de Elvis se mantém vivo.
adicionar aos favoritos
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Sociedade Recreativa
horoscopo
EM DESTAQUE
VIRGEM
24 AGOSTO - 23 SETEMBRO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright 2014 - Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.