SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER
Crónicas
Sociedade Recreativa
Enolândia
por Fernando Sobral
A suavidade que Brian Eno impõe ao som dos Gift é uma bênção bem-vinda.
  • Partilhe
SÁBADO 15 ABRIL - 00H
No xadrez do rock nacional esta poderia ser uma jogada de risco: os Gift produzidos por Brian Eno, mestre e guru de um universo sonoro que parece ser uma fonte de eterna juventude. 

Antes de se escutar um disco destes (‘Altar’ de seu nome) poderiam colocar-se muitas dúvidas, mas todas elas se resumiam a uma: como lidaria um grupo com uma sólida cultura musical com os sonhos de quem comandou os destinos dos U2, dos Talking Heads ou de Laurie Anderson? Este jogo de posições é visível quando se escuta o resultado: os Gift tiveram de abdicar da arquitectura sonora que tinham construído nos últimos anos e adaptaram-se à simplicidade de Eno. Este tem o condão de transformar a eloquência em desafios claros e equilíbrios perfeitos. Basta escutar ‘I Loved It All’, o tema que abre o disco, para se entender isso.

Eno liberta o som dos Gift, que começava a estar encerrado num quadrado defensivo, e abre-lhes janelas para outros mundos. Talvez esta mutação qualitativa do grupo seja sobretudo visível em ‘Love Without Violins’, o tema que é o coração deste disco, onde se transpira oxigénio criativo e se sente que Eno impõe a simplicidade como palavra de ordem. Os Gift entram aqui no mundo da Enolândia e ainda bem que assim é. Se ‘Altar’, enquanto título, parece querer sublinhar uma ligação muito forte ao anterior mundo dos Gift (o da teatralidade das catedrais esplendorosas e exuberantes), o resultado é a abertura de um caminho que pode ser fulcral para o futuro do grupo. A suavidade que Brian Eno impõe ao som dos Gift é uma bênção bem-vinda.
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Sociedade Recreativa
horoscopo
EM DESTAQUE
SAGITÁRIO
23 NOVEMBRO - 21 DEZEMBRO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright 2014 - Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.