A dor de Passos Coelho no último adeus à mulher

Antigo primeiro-ministro despediu-se da companheira rodeado da família. No final das cerimónias, levou para casa a fotografia de Laura a sorrir.
27 fev 2020 • 14:53
Esta quinta-feira terminaram as cerimónias fúnebres de Laura Ferreira, que morreu aos 54 anos, após uma difícil batalha contra o cancro.

O funeral decorreu no Centro Funerário de Cascais, onde o copo da mulher de Pedro Passos Coelho foi cremado, após uma missa em que estiveram presentes apenas os familiares e amigos mais chegados do antigo primeiro ministro.

À chegada, a mãe da fisioterapeuta não conseguiu conter as lágrimas e esteve sempre amparada pelo marido e pelo filhos, Fernando e Isabel.

Pedro Passos Coelho chegou sozinho e, no interior do centro funerário, juntou-se à filha Júlia [em comum com Laura] e à enteada, Teresa.

No final, o antigo primeiro-ministro levou para casa a fotografia que esteve exposta nas cerimónias fúnebres, de Laura a sorrir.

No velório de Laura estiveram presentes muitas caras ligadas ao PSD, que recordaram a fisioterapeuta com muito carinho.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo