"A minha filha era uma menina incrível": Mãe recorda Sara Carreira

Fernanda Antunes lembra Sara, que morreu aos 21 anos, e afirma: “Espero não estar cá muito mais tempo”.
Fernanda Antunes sofre com saudades da filha
Fernanda Antunes sofre com saudades da filha
Foto: Direitos Reservados
27 jun 2022 • 01:30
Vânia Nunes
Um ano e meio após a morte da filha, Sara Carreira, Fernanda Antunes emocionou-se a falar da jovem no programa ‘Caixa Mágica’, da SIC. "A minha filha é, era, uma pessoa muito especial. Era a pessoa mais bondosa, era única, generosa, não era materialista, era uma menina incrível, a melhor filha que possa existir. Tive a melhor filha. Sei que as outras mães vão pensar o mesmo, e é normal, mas eu tive uma filha exemplar", começou por revelar, prometendo fazer de tudo para que a cantora seja sempre lembrada. "Vou trabalhar nisso durante o tempo em que estiver cá para que nunca se esqueçam da minha filha, não vou permitir, não vou deixar."

Por isso, tem dedicado os seus dias à Associação Sara Carreira, que apoia crianças e jovens a concretizarem os seus sonhos.

"Estes miúdos têm dificuldades financeiras e também têm de ter talento e vontade. Há este enquadramento da minha filha que é ser simpático, bondoso, e gostava que com o tempo, daqui por alguns anos, estes miúdos possam um dia também integrar a associação e ficarem responsáveis por dar continuidade. Não vou estar cá [para sempre] e, confesso, espero não estar cá muito mais tempo", partilhou, atirando de seguida: "Quer dizer, para os meus filhos [Mickael e David] eu sei que é importante."

Fernanda lamentou que a filha, que morreu aos 21 anos, não tivesse tido "tempo suficiente" para divulgar o seu trabalho na música. "Eu tinha a certeza que ela ia ser uma grande artista. Cabe-me a mim agora, como mãe, levar as músicas dela, levar a minha filha a Portugal inteiro e além-fronteiras", afirmou.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo