“A relação acabou, mas o amor não”: Maria Cerqueira Gomes quebra silêncio sobre fim do namoro

Apresentadora sofre com fim do romance com António Miguel Cardoso.
Apresentadora viveu paixão de  cinco anos com António Miguel Cardoso
Apresentadora viveu paixão de cinco anos com António Miguel Cardoso
Foto: Direitos Reservados
07 nov 2020 • 01:30
André Filipe Oliveira
Separada há mais de um ano, Maria Cerqueira Gomes decidiu revelar os verdadeiros motivos sobre o fim do romance com o empresário António Miguel Cardoso, pai do seu filho João, de dois anos. "Uma relação não acaba porque alguém persegue um sonho. A distância agudizou o que já estava mal", afirmou a apresentadora em conversa com Cristina Ferreira.

Durante ano e meio, Maria trocou o Porto por Lisboa para apresentar o ‘Você na TV!’. O companheiro ficou no Norte. Ainda assim, garante, lutou sempre pela relação, que já durava há cinco anos. "Sou uma lutadora, persisto, insisto. A relação não acabou porque o nosso amor acabou. Isso é triste. Acabámos porque temos os dois formas de estar muito diferentes", explicou.

Infeliz no campo pessoal e no campo profissional (com as audiências da TVI a caírem e as inevitáveis comparações com Cristina, na altura na SIC), Maria procurou ajuda de um psicoterapeuta para superar as desilusões. "Depois de dois meses de estar em Lisboa, fui imediatamente procurar ajuda. Eu sabia que era muita coisa e muita coisa vivida sozinha."

A descida ao ‘inferno’ tornou-se mais dolorosa com as saudades dos filhos, Francisca e João, que ficaram na Invicta. "Foram facadas diárias. A sorte era estar tão absorvida [com o trabalho], que só me deparava com aquele momento de solidão ao entrar em casa. Chorei um rio durante este processo."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo