Acordo pré-nupcial de Trump e Melania alterado em caso eventual divórcio

Casal está junto há 14 anos e tem um filho em comum.
Donald Trump e Melania
Donald Trump e Melania
Foto: EPA
21 jul 2019 • 01:30
Rute Lourenço
Casados há 14 anos, Donald e Melania Trump assinaram um acordo pré-nupcial antes de darem o nó.

No documento, ficou estipulado o valor que a então modelo receberia em caso de separação e também que a eslovena teria de se manter em total silêncio sobre o casamento ou qualquer polémica se a união chegasse ao fim. Agora, o casal decidiu alterar os termos do papel assinado em 2005, até porque, desde então, muita coisa mudou.

De acordo com a especialista em processos de divórcios Jacqueline Newman, Melania receberá agora mais dinheiro caso se divorcie de Trump, e a questão do sigilo também foi salvaguardada. Previstas passaram a estar também questões de segurança, uma vez que a ex-modelo ficou muito mais exposta desde que o marido se tornou presidente dos Estados Unidos.

Recorde-se que após se separar da segunda mulher, Marla Maples, Trump teve de desembolsar 1 milhão de dólares (890 mil euros), o que o levou a falar publicamente sobre a questão dos acordos pré-nupciais. "É uma ferramenta feia. Acredite em mim. Não há nada de engraçado nisto.

Mas chega o momento em que tens de dizer: ‘Querida, acho que és maravilhosa, e preocupo-me contigo, mas se as coisas não correrem bem isto é o que recebes’."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo