Adelaide Ferreira enfrenta acusação

Filha de 15 anos abortou no ano passado quando estava grávida de três meses. Mãe, namorado e sogra a contas com a Justiça.
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
15 jun 2014 • 09:11

O Ministério Público de Mato Grosso, no Brasil, já avançou com um processo criminal contra a cantora portuguesa Adelaide Ferreira pelo crime de aborto praticado pela filha de 15 anos, em janeiro de 2013, no Brasil. Luana, recorde-se, estava no terceiro mês de gravidez quando ingeriu quatro pílulas abortivas adquiridas pela internet - ao todo, comprou dez, pelo valor de 40 euros.

CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo