Adele sofreu de depressão pós-parto

A cantora falou do problema à revista 'Vanity Fair'.
01 nov 2016 • 18:14
Adele confessou ter sofrido de depressão pós-parto depois de dar à luz o seu filho, Angelo, de quatro anos. A artista revelou à edição de dezembro da revista 'Vanity Fair' que a experiência foi tão traumática que agora receia ter outro filho.

"Normalmente quando sofres de depressão pós-parto não queres estar com o teu filho e tens medo de o magoar. No meu caso eu estava completamente obcecada com o meu filho. Sentia que não estava a fazer as coisas bem e que ter filhos tinha sido a pior decisão da minha vida", afirmou a cantora. 

Adele atribui este acontecimento ao seu historial de depressões desde criança. "Eu sou muito propensa a depressões. Tudo começou com a morte do meu avô quando eu tinha 10 anos. Apesar de nunca ter tido pensamentos suicidas cheguei a receber tratamento psiquiátrico", revelou a artista. 

A cantora ressalva ainda na entrevista que desde que ultrapassou a depressão pós-parto nunca mais se sentiu deprimida.
Newsletter
topo