Ágata assume doença grave

Cantora contou que passou muito tempo em Lisboa a fazer tratamentos.
ágata
ágata
Foto: duarte roriz
01 mar 2019 • 01:30
Depois de, esta semana, a revista ‘TV Mais’ ter revelado que Ágata teve um cancro na bexiga, a cantora deu uma entrevista a Manuel Luís Goucha na qual, apesar de não confirmar que se tratava de uma doença oncológica, assumiu ter estado doente.

"Passei por um problema de saúde e por isso passei mais tempo em Lisboa devido aos tratamentos. Graças a Deus, fui a tempo de ser operada. O primeiro impacto foi como se me espetassem uma faca no coração. Se Deus quiser, está resolvido. A única coisa que quero é saúde", disse.

A artista, de 59 anos, aproveitou ainda para esclarecer as notícias que davam conta da alegada separação do companheiro, Francisco Carvalho, com quem vive uma relação há mais de duas décadas e de quem tem um filho, Francisco, de 20 anos.

"O meu companheiro é uma pessoa fantástica e um pai muito atento, não tenho de me preocupar com nada. Ele é de um cuidado imenso com o nosso filho", reconheceu.

Revoltada também com as acusações de ter uma má relação com os filhos do companheiro, fruto de uma relação anterior do milionário de Chaves, Ágata afirmou: "Falo com todos eles. Nunca criei guerras com nenhum deles. Falamos muitas vezes ao telefone".

"Acredito no meu filho"
Além de ter vivido um momento difícil com a saúde, Ágata ainda enfrentou a condenação do filho, Marco Caneira, de 38 anos, a seis anos e meio de prisão efetiva por violação de uma menor, de 14 anos.

"O meu filho é educado, gentil e muito dado. Acredito piamente no meu filho. Ele está a passar uma fase delicada e está a ser julgado por um crime que não cometeu", defendeu.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo