Amber Heard quer anular julgamento que a condenou a pagar fortuna a Johnny Depp

Atriz denuncia alegada ilegalidade no painel de jurados.
Amber Heard recusa pagar 10 milhões de euros de indemnização
Amber Heard recusa pagar 10 milhões de euros de indemnização
Foto: Reuters
05 jul 2022 • 01:30
Amber Heard apresentou um recurso em tribunal e pediu a anulação do resultado do julgamento interposto pelo ex-marido, Johnny Depp. O tribunal decidiu pela condenação da atriz, por difamação ao artista de ‘Piratas das Caraíbas’, exigindo o pagamento de uma indemnização de 10 milhões de euros.

De acordo com a revista ‘People’, os advogados de Heard apresentaram um documento de 43 páginas, denunciando "falta de provas no processo" e a presença ilegal de um dos membros do júri.

Apresentado como "jurado número 15", foi referido que tinha nascido em 1945, no entanto, a equipa da atriz diz que se trata de um homem mais novo. "Informações públicas mostram que ele teria nascido em 1970".

Os advogados de Johnny Depp dizem que este recurso já "era esperado".
Mais sobre
Newsletter
topo