Ana Catharina do ‘Big Brother’ desabafa sobre morte do pai: “É muito difícil”

Concorrente brasileira perdeu o pai, vítima de um acidente no Brasil.
Ana Catharina
Ana Catharina
Ana Catharina do 'Big Brother'
Ana Catharina
Ana Catharina
Ana Catharina
Ana Catharina do 'Big Brother'
Ana Catharina
27 jul 2020 • 12:01

Numa gala dedicada a Ana Catharina do ‘Big Brother’, que perdeu o pai, vítima de um acidente no Brasil, a curva da vida da concorrente brasileira foi exibida este domingo e a instrutora de ioga desabafou sobre a relação difícil que teve com a mãe e da depressão que sofreu. "Eles brigavam muito. A minha mãe saiu de casa e eu fiquei a viver com a minha avó, o meu avô e o meu pai. Chorava todos os dias", começou por dizer. 

Mais tarde, mudou-se para casa da mãe, todavia o choque entre personalidades e os restantes fatores fizeram com que a concorrente sofresse uma depressão na adolescência. "Foi a minha primeira crise, de não querer sair de casa. Sentia-me sozinha. Eu fazia ioga, o que me fazia andar", revelou. "Foi uma crise muito forte. A minha vida sempre foi ou estava muito feliz ou estava muito triste. Os baixos eram sem conseguir sair da cama muitas vezes", afirmou. "Em 2015 parei o tratamento e fiquei mal. Eu não me tinha dado conta que quem eu sou tinha a ver com tantas mudanças. Eu prometi que não ia fugir do que eu estava sentindo. Foi a primeira vez que fiz terapia e mudou a minha vida", acrescentou.

Na gala do último domingo, a concorrente esteve à conversa com Cláudio Ramos e desabafou sobre a morte do progenitor.

"Como está o seu coração?", questionou o anfitrião do reality show.

"Está indo. É muito estranho porque quando eu fui receber a notícia estava no confessionário. Pediram para esperar e para ir para outra sala, onde estava a Débora e a Fabiana (amigas). Estavam encapuzadas com a máscara. Eu não podia tocar. Estava feliz e foi tão estranho", começou por dizer.

" (…) É muito difícil porque a minha família está noutro país. Mesmo que eu pudesse, não ia a tempo de ir. Não podia abraçar a minha avó por causa desta situação", acrescentou.

"É uma situação de impotência porque não posso fazer nada. Acho que aqui dentro ainda estou neste mundo. É estranho estar a sofrer e estar o mundo a ver, mas todo o mundo sofre", concluiu.

Ana Catharina recebeu ainda uma mensagem de força da mãe, que está no Brasil e foi uma das escolhidas para ir à final do programa, que acontece no próximo domingo, dia 2 de agosto.  

Veja aqui o vídeo: 

A carregar o vídeo ...
Concorrente brasileira perdeu o pai, este sábado, vítima de um acidente no Brasil.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo