Andreia Leal revela os preços que cobra enquanto acompanhante de luxo

A ex-concorrente da 'Casa dos Segredos' considera-se uma das "mais caras do País e da Europa"
Andreia Leal
importa
Filme
importa
importa
Andreia Leal
importa
Filme
importa
importa
16 abr 2021 • 17:59
Andreia Leal continua a trabalhar como acompanhante de luxo, 11 anos depois de ter entrado na 'Casa dos Segredos', na TVI. A antiga concorrente do reality show confessa que não faz a sua profissão por necessidade, mas sim porque gosta.

"Comecei a trabalhar com alguns clientes que conhecia através do banco, de quem era gestora de conta. E a partir do momento em que uma mulher aceita deitar-se por dinheiro... Eu vendo-me como acompanhante a quem precisa de mim. Eu faço isto porque gosto, é evidente que também gosto do sexo. Claro que a vertente financeira é muito boa, não vou ser hipócrita. Eu percebi que tinha brilho e os homens gostam", contou Andreia Leal à revista 'TV 7 Dias'.

A ex-concorrente da 'Casa dos Segredos' garante que é "o CR7 do sexo" e que, por isso, cobra valores elevados para os seus serviços. "Posso garantir que sou das mulheres mais caras do país e da Europa. O mundo do sexo está banalizado e digo sempre aos meus clientes para não baralharem um saco de esperma com uma acompanhante. Não sou saco de esperma, já evoluí. Na Suíça fui, agora não. Não sou barata. Uma hora pode ir até 800 euros; uma noite de 12 horas, 3000; 24 horas, 5500 euros. E é barato para o que valho", afirmou.

Embora tenha uma vida rodeada de luxos, Andreia Leal recorda que o seu trajeto como acompanhante de luxo nem sempre foi fácil tendo passado por um momento assustador na Suiça. "Fui violada por oito homens na Suíça logo no início. Eu trabalhei a noite toda como stripper. Estava lá um turco que queria que eu fosse com ele, eu neguei e, entretanto, saí. Ia cheia de dinheiro, porque na altura ganhava-se fortunas (…) Desci um túnel e, quando eu subo, vi-o a chamar-me. Recusei e não sei mais nada, não sei o que me deram, só sei que acordei num jardim".

A acompanhante de luxo confessa que salva vários casamentos do divórcio depois de estar com alguns homens. "Os casados são uns solitários, precisam de ânimo. Nós somos a salvação de 70 por cento dos casamentos. O cliente sai de ao pé de mim com brilho. Eu não destruo casamentos, eu salvo", garantiu.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo