Ângelo Rodrigues acusado de "falta de humildade" e "ingratidão" por funcionária do hospital

Ator esteve internado durante dois meses com uma infeção grave.
Ângelo Rodrigues
Ângelo Rodrigues
Foto: Instagram
07 nov 2019 • 12:42
Ângelo Rodrigues está a ser acusado por uma funcionária do hospital Garcia de Orta, em Almada, onde esteve internado, de ser ingrato e nada humilde para com os profissionais que estiveram do seu lado durante o pesadelo que viveu.

Através das redes sociais, a funcionária deixou uma mensagem que não passou despercebida. "Então que tal um agradecimento a todo o pessoal do Hospital onde esteve tanto tempo internado, e que se esforçaram tanto para que tudo corresse bem, e aturaram o seu mau humor quando as coisas não corriam como ele queria? Humildade, amigo, humildade, palavra que não faz parte do seu vocabulário. Lamentavel.!!!!!", escreveu, revoltada, nos comentários a uma notícia sobre o ator.

No entanto, no comunicado emtido pela agência do ator no dia da alta médica, Ângelo valorizou os profissionais do hospital. "O ator agradece à equipa médica dos Cuidados Intensivos, dos Cuidados Intermédios e da Cirurgia Plástica, bem como às equipas de enfermagem do Hospital Garcia de Orta, todo o profissionalismo".
 
Recorde-se que Ângelo Rodrigues foi internado em agosto e passou dois meses internado em estado grave, tendo mesmo estado em risco de vida. O ator regressou a casa recentemente, e tem estado focado na recuperação, a enfrentar longas sessões de fisioterapia que têm duração prevista de um ano.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo