Ângelo Rodrigues vive pesadelo sem fim com perna infetada

Ator foi submetido à oitava cirurgia para reconstruir a perna e seguem-se agora novos tratamentos.
Ângelo Rodrigues
Ângelo Rodrigues
Ângelo Rodrigues
Ângelo Rodrigues
30 mai 2020 • 18:05
Vânia Nunes
Nove meses depois de ter dado entrada no hospital com uma infeção grave, que quase lhe custou a vida, na sequência de uma injeção de testosterona, Ângelo Rodrigues ainda não viu o pesadelo chegar ao fim. Há uma semana, o ator de 32 anos foi operado pela oitava vez à perna esquerda.

"Inicio a segunda fase de reconstrução da minha perna. Esta, que sapateou entre a vida e a morte, vai mais uma vez ser salva ao tentar reduzir-se os 27 centímetros do enxerto cravado na minha pele, corrigindo possíveis complicações", escreveu, antes de entrar no bloco operatório, mantendo o humor que lhe é característico nesta recuperação. "Nada disto atrasará uma das minhas duas metas: dançar como o Chaplin dos ‘Tempos Modernos’ e fazer um sprint com um atleta de alta competição."

Mais tarde, mostrou-se novamente no Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde foi seguido desde o primeiro momento, já depois da nova cirurgia, sorridente, e com uma atitude positiva. "Vamos lá remendar esta boneca de trapos". Em casa a recuperar, o artista aguarda agora por uma nova fase de tratamentos de fisioterapia, tal como aconteceu depois de ter tido alta da última vez, em outubro do ano passado. Nessa altura, Ângelo Rodrigues entregou-se aos cuidados do fisioterapeuta António Gaspar.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo