Antiga sogra de João Cabeleira acusa: "Ele raptou o meu neto"

Graça Freitas, avó do filho mais velho do cantor de Xutos & Pon­tapés, revela ao CM não vê o neto há vários anos.
Bastet e João Cabeleira
João Cabeleira e Bastet
Foto: Tiago Sousa Dias
04 fev 2020 • 20:59
Depois das diversas polémicas em torno dos maus tratos aos cães de Bastet, a ex-sogra de João Cabeleira, mãe da antiga companheira do artista, Sandrine de Matos, que morreu há dois anos, veio a público denunciar o guitarrista dos Xutos&Pontapés.

Graça Freitas entrou em contacto com o Correio da Manhã para denunciar o pesadelo vivido com o cantor. A antiga sogra acusa o guitarrista dos Xutos & Pon­tapés de ter raptado o neto, de 13 anos. Segundo a mulher, que vive em França, há muito que a família materna é privada de manter um relacionamento com o pequeno Rafael, e a própria filha sofreu muito com o afastamento forçado do filho. "A minha filha deixou-se morrer por não ver o filho", afirmou ao CM, acrescentando que já tentou ver várias vezes o neto, mas João Cabeleira nunca o permitiu.

Segundo Graça Freitas, a antiga companheiro do músico morreu em 2018 sem conseguir ver o filho, por impedimento do músico e da ex-mulher Bastet. A mulher acusa mesmo o antigo casal de ter violado uma decisão do tribunal, que terá atribuído a guarda da criança à mãe, anos antes do seu falecimento. "Vivo em França, o meu neto tem nacionalidade francesa e o tribunal deu a guarda à minha filha mas o João raptou-o", denunciou a sogra. 

Apesar de todas as tentativas,  Graça diz que continua sem ver o neto e está em sofrimento. "Já ando há dez anos em processo no tribunal de Almada mas a fama do João dá-lhe todos os direitos", alegou Graça que não desite de reencontrar o neto que não conhece a família da mãe.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo