Armando Gama afirma: "Só fiz bem à minha família"

Acusado pelo ministério público de violência doméstica e de posse de arma, o músico garante estar inocente. “Estou confiante", disse.
Armando Gama
Armando Gama e Bárbara Barbosa
Armando Gama
Armando Gama e Bárbara Barbosa
05 jul 2020 • 11:43
Armando Gama viu a vida dar uma volta de 180 graus quando a ex-companheira, Bárbara Barbosa, o acusou de violência doméstica, em janeiro.

Na altura, o músico de 66 anos foi detido pelo núcleo antiviolência doméstica da GNR de Lisboa, mas garantiu sempre estar inocente. Agora, meio ano depois, o Ministério Público formalizou a acusação ao artista, estando em causa um crime de violência doméstica e outro de posse ilegal de arma.

Contactado pela ‘Vidas’, Armando Gama mantém a postura calma que o caracteriza e mostra uma atitude positiva quanto ao julgamento. "Estou confiante porque estou inocente. Só fiz bem à minha família. Sou uma pessoa da paz", começa por dizer.

"Nunca houve violência doméstica e a arma era do meu avô. Foi herdada pelo meu pai. Estava identificada, nunca foi usada, e estava guardada com teias de aranha. Era de 1925", explicou, negando os dois crimes de que é acusado.

Três agressões
A moldura penal prevê um cúmulo jurídico de dez anos de prisão, no entanto, o Ministério Público de Sintra, responsável pela acusação, diz que o arguido "não deve ser punido com mais de cinco anos, por não ter antecedentes", caso sejam confirmados os factos.

A acusação refere que o casal se conheceu no ano de 2010 e que o filho, António, nasceu três anos depois. Sendo que, em datas não apuradas, o menino terá sido verbalmente maltratado pelo pai.

Escreve biografia meses antes
Armando Gama e Bárbara Barbosa têm 33 anos de diferença e em 2011 chegaram a falar publicamente do amor que os unia na televisão. O antigo casal conheceu-se na rua depois de a jovem pedir um autógrafo a Armando, aprofundando-se depois a amizade "através da rede social Facebook", contou o músico no programa de Fátima Lopes na TVI.

Seguiu-se uma relação de 10 anos e, em maio de 2019, tudo parecia correr sobre rodas quando Bárbara escreveu a biografia do músico, ‘Esta Balada Que Te Dou’.

Recorde-se que Armando Gama foi casado durante 26 anos com Valentina Torres, antiga locutora da RTP.

A acusação refere ainda que entre agosto e novembro do ano passado, Bárbara Barbosa terá sido agredida três vezes, sendo que, em duas destas ocasiões, houve tentativas de estrangulamento por parte de Armando Gama.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo