Como Ljubomir Stanisic superou o vício das drogas

O chef de 'Pesadelo na Cozinha’ assumiu a adição de drogas durante um período dramático da sua vida. Atualmente, diz que ainda fuma charros mas controla os seus funcionários com exames à urina...
Pesadelo na cozinha, ljubomir Stanisic, 100 maneiras
Pesadelo na cozinha, ljubomir Stanisic, 100 maneiras
21 dez 2019 • 18:10
Carolina Cunha
O caminho foi longo até Stanisic ter conquistado um lugar de destaque na cozinha portuguesa. Depois de ter vivido o drama da falência, com uma dívida de meio milhão, o chef ultrapassou um verdadeiro pesadelo em que caiu, a adição de drogas – que se tornaram no seu maior refúgio.

Em entrevista ao blogue ‘Papas na Língua’, o chef assumiu este problema e revelou que chegou a ter consultas com um psicanalista com o intuito de resolver a situação: "Quando fui à psicanalista, na primeira de três consultas, disse-lhe: ‘Drogas, eu compro sozinho, ok? Tenho um dealer que me dá ótimas drogas, por isso não quero das tuas. Quero que me aconselhes", disse.

Ljubomir assumiu que conseguiu ultrapassar o vício das drogas sozinho, sem recorrer a nenhum internamento em clínicas, num dos momentos mais dramáticos da sua vida.

Atualmente, o cozinheiro, que assume que ainda fuma charros, confessa que rejeita o consumo de drogas pesadas e não esconde que obriga os funcionários dos restaurantes, de que é dono, a fazer análises para haver um maior controlo. O chef explica ainda que se lhe tivessem feito o mesmo, provavelmente, teria tido mais responsabilidade.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo