Artur Albarran recupera e deixa cuidados intensivos

Antigo jornalista luta contra um cancro desde 2011 e situação clínica agravou-se quando lhe foi diagnosticado Covid-19.
Artur Albarran já foi submetido a dois transplantes de medula óssea
Artur Albarran já foi submetido a dois transplantes de medula óssea
Foto: Tiago Sousa Dias
02 set 2021 • 01:30
Vânia Nunes
Artur Albarran, de 68 anos, já deixou a unidade de cuidados intensivos do hospital Amadora-Sintra, onde se encontrava há mais de uma semana devido à Covid-19. “Registou uma evolução favorável no seu estado de saúde e já está em enfermaria”, confirmou fonte hospitalar ao CM.

O antigo jornalista, de 68 anos, luta contra um cancro raro desde 2011 e viu a sua situação clínica agravar-se quando, durante os tratamentos no IPO de Lisboa, lhe foi diagnosticado Covid-19. Transferido para o Amadora-Sintra, necessitou, posteriormente de cuidados de saúde diferenciados, devido ao agravar dos sintomas provocados pela infeção.

Afastado do meio mediático desde 2001, depois de fazer carreira na informação e no entretenimento, Albarran passou a usar as redes sociais para comunicar com os fãs. Numa das partilhas mais pessoais que fez, em fevereiro de 2019, contou que o cancro tinha voltado em força e que iria submeter-se ao “segundo transplante de medula óssea”, o mesmo procedimento que tinha feito oito anos antes, quando lhe foi detetado um mieloma múltiplo, uma espécie rara de cancro.

Cinco meses depois, apareceu num evento público ao lado da mulher, a chef Sandra Nobre, e mostrou-se confiante na luta contra a doença. “O otimismo é fundamental. Sempre reagi muito positivamente. Não sou dos que se queixam”, disse.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo