Ator Nick Cordero sofre amputação da perna após complicações por coronavírus

A mulher do artista, Amanda Kloots, mostra-se preocupada com a situação do companheiro, que está internado há quase dois meses.
Nick Cordero
Nick Cordero
Nick Cordero e Amanda Kloots
Nick Cordero e Amanda Kloots
Elvis, filho de Nick Cordero e Amanda Kloots
Nick Cordero e o filho Elvis
Amanda Kloots e o filho Elvis
Nick Cordero
Nick Cordero
Nick Cordero e Amanda Kloots
Nick Cordero e Amanda Kloots
Elvis, filho de Nick Cordero e Amanda Kloots
Nick Cordero e o filho Elvis
Amanda Kloots e o filho Elvis
22 mai 2020 • 15:00
O estado de saúde do ator canadiano Nick Cordero continua a inspirar bastantes cuidados após ter sido infetado com coronavírus.

Diagnosticado com a doença, o artista de 41 anos está internado há quase dois meses num hospital em Los Angeles e o seu estado de saúde piorou, segundo confessou a mulher, Amanda Kloots.

Além de já ter tido complicações nos pulmões derivadas da infeção por Covid-19, o ator viu a perna direita ser-lhe amputada, por problemas de coagulação que estavam a fazer com que não tivesse circulação sanguínea suficiente no membro inferior.

Amanda Kloots contou que o marido começou a receber medicação anticoagulante no passado fim de semana, uma medicação que acabou por afetar a pressão arterial e causou sangramento interno no intestino.

Por enquanto, sabe-se que o coronavírus pode ativar ao aparecimento de coagulações, que causam fenómenos de tromboses. "O vírus entra pelo sistema respiratório, agride-o e deixa os brônquios e os alvéolos com a membrana exposta, criando algo parecido com uma ferida. Isso faz com que o corpo queira estancar essa ferida, e a resposta do organismo é a coagulação", explicou um pneumologista.

Os anticoagulantes podem gerar sangramentos no sistema nervoso central e sistema gastrointestinal, como aconteceu com Nick. "É por isso que ainda não foi estabelecido que os anticoagulantes devem ser usado de forma universal para pacientes com covid-19 ou outros problemas. Os riscos são grandes e podem ser maiores que os benefícios", descreveu ainda outro profissional de saúde. 

Após a amputação da perna, o pesadelo de Nick parece estar longe de  chegar ao fim.

Amanda, com quem o ator tem um filho, Elvis, de apenas dez meses, mostra-se angustiada com a situação e fez um apelo através das redes sociais.

"Têm existido problemas. É por isso que vos peço que orem, façam grandes orações", escreveu.

"O meu marido está a lutar como um campeão, mas isto é sério. Por favor, fiquem em casa todos. Obrigado a todos que nos ajudaram até agora, sabem quem são e são todos anjos", escreveu, na altura que o marido foi infetado pela pandemia.

No passado dia 13 de maio, Nick Cordero acordou do coma induzido e apresentou sinais de melhoria, mas parece que o estado de saúde não estabiliza e continua a deixar os mais próximos em alerta. 

Além de ser conhecido por papéis na Broadway, Nick Cordero participou em séries como 'Blue Bloods' e 'Lei & Ordem'. 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo