Atrizes atacadas por hackers perdem acesso às páginas oficiais

Estrelas da ficção nacional sofrem invasão de piratas informáticos e ficam impedidas de aceder às suas contas nas redes sociais.
Fernanda Serrano
Sara Barradas está incontactável há vários dias nas redes sociais
Sónia Brazão obrigada a criar nova página oficial
Fernanda Serrano
Sara Barradas está incontactável há vários dias nas redes sociais
Sónia Brazão obrigada a criar nova página oficial
25 out 2020 • 01:30
André Filipe Oliveira
Os crimes informáticos continuam a aumentar. As mais recentes vítimas do roubo de identidade na internet foram Fernanda Serrano e Sara Barradas, que estão há vários dias sem acesso às respetivas contas de Instagram.

Esta não é, no entanto, a primeira vez que figuras públicas se insurgem em relação aos ataques informáticos na mesma semana. Andreia Dinis também sofreu um ataque do género. Conseguiu, no entanto, utilizar a rede social Facebook para expressar a sua indignação. “A semana passada, piratearam a minha conta, pela primeira vez. Consegui recuperá-la, para a ver pirateada uma segunda vez, no dia seguinte. Até ao momento, ainda não a consegui recuperar. São momentos nossos, partilhados com os nossos seguidores, para algum pirata informático se sentir no poder de os roubar.” A atriz deixou ainda uma crítica aos responsáveis da plataforma. “Assustador o que está a acontecer no Instagram. A mesma plataforma tem-se mostrado ineficaz na resolução destes problemas.”

A lista não pára de aumentar. Joana Solnado acabou por ficar incontactável, através do Instagram, na sequência de um ataque informático. Foi a amiga Benedita Pereira que lançou o alerta. “Atenção, piratas à solta! A página da Joana Solnado foi roubada.”

Em setembro, Sónia Brazão foi obrigada a criar uma nova conta na rede social, após ter perdido acesso à sua página. Perdeu milhares de seguidores e todas as fotografias partilhadas ao longo dos últimos anos. “Entraram-me na conta e depois enviaram-me mensagens a pedir dinheiro. Estou à espera que o Instagram resolva o problema. Vamos esperar, se não bola para a frente”, explicou num vídeo partilhado na nova página que criou.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo