Aulas de sexo oral foram maior sucesso do Eros Porto

Mais de 25 mil pessoas encheram o Salão Erótico da Invicta.
Foto: Ricardo Jr.
12 mar 2018 • 01:30
Nelson Rodrigues
Foram quatro dias em grande. A 11ª edição do Eros, que terminou ontem na Exponor, em Matosinhos, bateu todos os recordes e recebeu mais de 25 mil pessoas. Os visitantes esgotaram por completo as diferentes aulas de sexo, com destaque para o sexo oral, masturbação, utilização de brinquedos eróticos, assim como as palestras dedicadas à melhoria dos relacionamentos. Os casais acorreram em peso ao evento.

Também as mulheres, sozinhas ou em grupo, não quiseram perder os espetáculos de sexo. "Para além da participação de pessoas de todo o País, inclusive das regiões Centro e Sul, é surpreendente recebermos cada vez mais visitantes estrangeiros, de toda a Europa, mas também da América do Sul e de África", disse Juli Simón, diretor do Eros. "Este ano verificámos um aumento da procura por passes de quatro dias, sinal de que ninguém quer perder nada do que acontece no nosso evento", frisou.
Mais sobre
Newsletter
topo