Bárbara Bandeira ajuda os pais financeiramente e paga metade da renda da casa

Antes de completar 18 anos a artista já tinha conquistado a sua independência financeira: "Tenho muito orgulho de não depender dos meus pais financeiramente".
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira, Kasha e respetivas famílias
Kasha e Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira e Kasha dos D.A.M.A
Bárbara Bandeira
Kasha
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Barbara Bandeira, Kasha
Bárbara Bandeira e Kasha
Bárbara Bandeira e Kasha
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira, Kasha e respetivas famílias
Kasha e Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira e Kasha dos D.A.M.A
Bárbara Bandeira
Kasha
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Barbara Bandeira, Kasha
Bárbara Bandeira e Kasha
Bárbara Bandeira e Kasha
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
26 jun 2019 • 11:34
Bárbara Bandeira celebrou recentemente o seu 18º aniversário e já é uma figura consolidada do panorama nacional. A data especial foi assinalada com uma entrevista íntima e bastante reveladora a Rita Ferro Rodrigues para o seu canal de YouTube, 'Elefante de Papel'. 

Além de revelar os episódios do passado marcado por bullying na escola, Bárbara falou do enorme sucesso que cedo atingiu em tenra idade e o brio que sente ao ter conquistado a sua independência financeira: "Tenho muito orgulho de não depender dos meus pais financeiramente. Eu como com os meus pais e são eles que pagam isso. Mas às vezes, os meus devaneios, não são eles que têm de pagar", começou por explicar. 

Quando questionada se dividia as despesas com os pais, a artista revelou que os ajuda financeiramente, algo que pretende continuar a fazer mesmo quando deixar de viver com a família. 

"Há muita gente que pensa que o meu pai é super rico e influente, mas não. O meu pai é um cantor normal... Nós morávamos na Margem Sul e eu disse ao meu pai que era melhor irmos para Lisboa. Ele disse: 'Bárbara, as casas em Lisboa estão um absurdo'. E eu disse: 'Não faz mal, a gente divide a renda'. E neste momento faço isso com o maior orgulho e vou continuar a fazer. Mesmo que saia de casa, aquilo que os meus pais precisarem... Se ganho dinheiro não é só para comprar Dolce & Gabbana e Gucci", confessou a artista. 


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo