Bárbara Bandeira faz apelo sobre imagens íntimas

Cantora de 19 anos denuncia a partilha de fotografias e vídeos privados e mulheres em grupos de conversação online.
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
Bárbara Bandeira
10 nov 2020 • 01:30
Vânia Nunes
Aproveitando a influência que tem perante os seguidores das redes sociais, Bárbara Bandeira abordou um tema que a incomoda: a partilha de imagens íntimas em grupos de conversação online.

"Não sei se vocês conhecem um movimento chamado ‘Não Partilhes’, devido aos prints e às provas que começaram a surgir acerca da existência de grupos de WhatsApp e outras redes sociais utilizadas para compartilhar fotos e vídeos íntimos de mulheres que, certamente, os enviaram para alguém, mas não para grupos de 600, 700, 800 pessoas", começou por denunciar a cantora.

"Acho que não preciso de explicar o quão mau é compartilhar ou estar em grupos que compartilham este tipo de conteúdos", desabafou, deixando um pedido aos seus fãs: "Se vocês são meus seguidores e estão neste tipo de grupos, vou pedir para que me deixem de seguir. Vou pedir para que não façam parte da minha vida. É um comportamento com o qual eu não me identifico e o qual repudio."

Isolamento
A cantora, de 19 anos, tem passados os últimos dias em casa após ter testado positivo à Covid-19. O namorado, Kasha, dos D.A.M.A, também ficou infetado, por isso os dois passaram o confinamento juntos e foram surpreendendo os seguidores com pequenas atuações em conjunto, em casa. Entretanto, esta terça-feira revelou que está livre do vírus.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo