Bárbara Guimarães continua com carta de condução

Apresentadora foi apanhada com taxa superior a 1,2 g/l, mas julgamento ainda está por marcar.
Bárbara Guimarães
Bárbara Guimarães
Foto: Inês Gomes Lourenço / Correio da Manhã
26 jan 2018 • 06:00
Quase quatro meses depois de Bárbara Guimarães ter sido apanhada a conduzir com uma taxa de álcool superior a 1,2 g/l (considerada crime), a 8 de outubro, em Alcácer do Sal, o julgamento da apresentadora da SIC continua por marcar.

O processo mantém-se em fase de inquérito e Bárbara não só não perdeu a carta como continua a poder conduzir.

Segundo fonte ligada ao processo, "só depois do DIAP - Departamento de Investigação e Ação Penal deduzir a acusação é que será marcado o julgamento".

Este é um processo que "ainda pode demorar alguns meses" e até lá a apresentadora pode conduzir, já que "continua na posse da carta de condução", acrescentou a fonte.

Recorde-se que no dia 9 de outubro Bárbara deveria ter comparecido no Tribunal de Grândola (só aí um juiz lhe poderia retirar a carta), mas a apresentadora não o fez, alegando não estar em "condições psicológicas devido à violência psicológica a que tem sido submetida nos últimos anos".
Mais sobre
Newsletter
topo