Bárbara Norton de Matos denuncia asséxio sexual: "Foi assustador"

Atriz da SIC relata momentos de pânico e garante que nunca cedeu à pressão
Bárbara Norton de Matos
Bárbara Norton de Matos
Bárbara Norton de Matos
Bárbara Norton de Matos
Bárbara Norton de Matos
Bárbara Norton de Matos
29 abr 2021 • 12:41
Bárbara Norton de Matos, de 41 anos, revelou-se solidária com Sofia Arruda, que recentemente denunciou um caso de assédio sexual no trabalho, e decidiu dar voz ao tema polémico que afeta milhares de mulheres. 

"Achei de uma coragem enorme a Sofia ter falado do assunto. Quantas de nós não andámos com isso preso na garganta antes de termos coragem de contar?" , começa por dizer a atriz de 'Amor Amor' à 'TV Guia'. 

"Nunca tinha falado disto, mas a verdade é que passei por uma situação semelhante à sua. Foi depois de eu ter começado, já tinha feito uns trabalhos, e subitamente uma pessoa, que não vou dizer o nome porque já não interessa, começou a fazer avanços sobre mim. Coisas que não eram descaradas ao início, mas que me faziam sentir mal",
 revelou a atriz.

Os episódios de assédio tornaram-se cada vez mais graves e a artista relata momentos de pânico:"As coisas foram-se tornando cada vez mais complicadas, até começar a haver insinuações e telefonemas de cariz menos próprio, dizendo que ou eu cedia ou me despedia do projeto onde estava. Foi assustador".

Apesar da pressão, Bárabara garante nunca ter cedido. "Chamei-lhe um nome feio e avisei-o para fazer o que quisesse, que eu não ia ceder. Fiquei a saber mais tarde que ele, de facto, me tinha tentado despedir, mas que não conseguiu. Fizeram-lhe perguntas sobre a razão e ele não dava nenhuma concreta. Afinal, eu sabia os textos, chegava a horas, era boa colega… ", revelou a artista, que chegou a ter o seu trabalho em risco. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo