Blaya: "Estão a desmarcar-me trabalhos por estar grávida"

Cantora e dançarina diz vítima de discriminação.
Bl
Blay
Bl
Blay
20 fev 2017 • 19:03
Grávida de cinco meses, Blaya revela que tem sido alvo de discriminação.

A cantora e dançarina, que dá aulas de kuduro, denunciou que, depois de ter assumido que está à espera de uma menina - que s chamará Aura Electra - está a ser penalizada por isso. 

"Acho ridículo o facto de me ser recusado trabalhos porque estou grávida, ou pela razão que vou ter as minhas limitações ou pela razão que há pessoas que vão achar estranho uma grávida dançar e ARREBENTAR COM O PALCO! Eu contagio as pessoas pela minha energia NÃO PELO MEU CORPO!", disse. 

Mas as críticas não se ficaram por aqui.

"Já me senti ofendida frustrada triste com muita coisa... mas do fundo do meu coração nunca pensei que o facto de estar grávida me fosse chamar a atenção de uma situação que eu pensei que não era assim tão má. A gravidez é uma fase linda, uma fase que não me impede de continuar a fazer o meu bom trabalho e desempenho de boa qualidade. No entanto, estão a acontecer coisas que para mim só tem um nome... DISCRIMINAÇÃO! Estão a desmarcar-me trabalhos pelo facto de estar grávida. Meus caros amigos, eu sei que vocês querem o meu bem (acho eu) mas não sabem se sou ou não capaz de desempenhar a minha função, claro que irei ter as minhas limitações mas por isso é que tenho uma partner que tem vindo a trabalhar comigo para estarmos em sintonia e podermos fazer as duas bom trabalho e executarmos uma aula em condições. Limitações... sim! Como saltar pró chão/dar cambalhotas/ dançar sem parar e sem hidratação/saltos de muito impacto, mas tenho orgulho de ter dado sempre 100% de mim independentemente de qualquer limitação que eu tivesse. Tenho uma vida a crescer dentro de mim e ainda tenho a possibilidade de fazer o que me faz mais feliz. E tenho a certeza que eu estando feliz a princesa que tenho dentro de mim também está. É só tomar o devido cuidado que tudo corre bem. Se me fosse dito que eu não podia dançar... não iria dançar e pronto! Ou seja! Não me colocaria a marcar workshops e performances", deixou bem claro. 
Mais sobre
Newsletter
topo