Brasileira que acusa Neymar de violação perde mais um advogado

Najila acusa advogado de lhe roubar tablet que contém provas.
Najila Trindade diz que Neymar a condenou
Najila Trindade
Najila Trindade diz que Neymar a condenou
Najila Trindade
12 jun 2019 • 01:30
Sónia Dias
Najila Trindade, a brasileira que acusa Neymar de violação, perdeu mais um advogado - o terceiro - no caso contra o jogador do Paris Saint-Germain.

Danilo Garcia de Andrade abandonou o processo após ter sido acusado pela própria cliente de ter roubado o tablet em que se encontra o vídeo completo do seu segundo encontro com o craque em Paris.

O advogado já tinha avisado que deixaria o processo caso não houvesse provas do alegado assalto ao apartamento, durante o qual teria sido roubado o tablet. Quando as perícias ao local não apresentaram resultados, Najila decidiu acusar o seu representante legal.

"Isso é muito triste porque a senhora Najila tinha a grande oportunidade de ajudar tantas mulheres no Brasil e no Mundo que sofrem violência e se calam", afirmou Danilo Garcia de Andrade, acrescentando que não irá colaborar "com qualquer situação ilícita" cometida pela cliente.

Najila já tinha perdido dois advogados, José Edgar da Cunha e Yasmin Pastore Abdalla.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo