Bruno de Carvalho pede o divórcio

Joana Ornelas poderá agora contestar o pedido.
Bruno de Carvalho, Joana Ornelas, Sporting, Estoril Open, Gastão Elias, Nicolás Almagro, Estufa Fria, Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa, desporto, ténis
Joana Ornelas, Bruno de Carvalho, sporting, presidente, leões, futebol, desporto, casamento, felicidade, noiva
Bruno de Carvalho, Joana Ornelas, Sporting, Estoril Open, Gastão Elias, Nicolás Almagro, Estufa Fria, Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa, desporto, ténis
Joana Ornelas, Bruno de Carvalho, sporting, presidente, leões, futebol, desporto, casamento, felicidade, noiva
25 ago 2018 • 06:00
António Sérgio Azenha e Miguel Azevedo
Bruno de Carvalho avançou com o processo de divórcio litigioso de Joana Ornelas.

Interposta pelo ex-presidente do Sporting contra a mulher, a ação de "divórcio sem consentimento do outro cônjuge" deu entrada terça-feira no juiz 3 do Tribunal de Família e Menores de Lisboa e foi distribuída no mesmo dia.

Com o início do processo judicial, Joana Ornelas poderá agora contestar o pedido de divórcio interposto por Bruno de Carvalho.

Para efeitos processuais, segundo a informação divulgada no Portal Citius, do Ministério da Justiça, a ação tem um valor de 30 000,01 euros.

Depois de, em junho, Joana Ornelas ter sido fotografada sem aliança e de recentemente ter saído de casa, é agora Bruno de Carvalho a avançar para o divórcio.

Na terça-feira, o antigo líder leonino ironizava sobre o amor da sua vida. "Não se chama Joana, não se chama Cláudia, não se chama Inês... Chama-se Catarina!", numa referência à filha.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo