Bruno Mars escapa à prisão

Apanhado pela polícia de Las Vegas na posse de cocaína, cantor foi condenado a 12 meses de liberdade condicional e a 200 horas de serviço comunitário.
Apanhado pela polícia de Las Vegas na posse de cocaína, cantor foi condenado a 12 meses de liberdade condicional e a 200 horas de serviço comunitário
importa
Foto: Brainpix
17 fev 2011 • 14:20

Bruno Mars foi condenado por um tribunal de Las Vegas a uma multa de 1.500 euros, 12 meses de liberdade condicional e à prestação de 200 horas de serviço comunitário, além de ter sido aconselhado a cumprir um programa de reabilitação para combater a dependência de drogas.

Foi este o desfecho do incidente ocorrido, em Setembro do ano passado, na casa-de-banho do Hard Rock Hotel, no Nevada, onde o cantor americano de 25 anos foi apanhado e detido pela polícia na posse de um pequeno saco de cocaína.

Bruno Mars, nome artístico de Peter Gene Hernandez, declarou-se culpado e, como não tinha cadastro, acabou por escapar a uma pena de prisão efectiva.

Recorde-se que o intérprete de hits como ‘Just the Way You Are’ e ‘Grenade’ conquistou no passado no fim-de-semana, em Los Angeles, um Grammy na categoria de Melhor Cantor Pop do Ano.

Newsletter
topo