Camané atua no Irão

Revisitada carreira de 35 anos.
A carregar o vídeo ...
O 'Infinito Presente' de Camané
01 fev 2016 • 17:02
O fadista Camané atua, em fevereiro, no Irão e na África do Sul, com um programa que contempla o seu mais recente álbum, 'Infinito presente', e revisitará uma carreira de cerca de 35 anos, disse fonte próxima do artista.

No dia 15 de fevereiro, o criador de 'Ela tinha uma amiga' sobe ao palco do Fajr International Music Festival, que decorre na Tehran Milad Tower, na capital iraniana, naquela que é a estreia do fadista em territórtio da República Islâmica do Irão.

Quatro dias depois, a 19, Camané apresentar-se-á no Marcellus Theatre, no Emperors Palace Casino, em Joanesburgo, na África do Sul.

Nos dois concertos, o fadista, detentor de três Prémios Amália, é acompanhado pelos músicos José Manuel Neto, na guitarra portuguesa, Carlos Manuel Proença, na viola, e Paulo Paz, no contrabaixo.

O álbum 'Infinito presente', em que baseia o alinhamento dos dois concertos, foi editado em maio do ano passado, e inclui um inédito de Alain Oulman, 'A Correr', compositor que o fadista já tinha interpretado no álbum "Sempre de mim", em 2008.

Este CD, que inclui ainda duas composições de José Júlio Paiva, bisavô do fadista, marcou o regresso de Camané aos estúdios, depois de cinco anos ausente, desde "Do amor e dos dias", editado em setembro de 2010. Pelo meio, foi publicada, em 2013, a antologia 'O Melhor de Camané 1995-2013'.
Mais sobre
Newsletter
topo