Cândida Batista de 'Hell's Kitchen' arrasa Ljubomir Stanisic: "É uma cópia barata"

Ex-concorrente garantiu que não voltava a participar no programa da SIC
Cândida Batista
Cândida Batista
Cândida Batista
Ljubomir
Cândida Batista
Cândida Batista
Cândida Batista
Ljubomir
25 mai 2021 • 15:54
Cândida Batista ficou em terceiro lugar no programa 'Hell's Kitchen', da SIC. A cozinheira, de 39 anos, que foi expulsa no último domingo, não guarda boas memórias da experiência e, em conversa com os jornalistas, arrasou com Ljubomir Stanisic.

"O Ljubomir é uma cópia barata, é uma versão 'made in China' do Gordon Ramsay", garantiu, reforçando ainda que o que mais gostou foi de conhecer os colegas. "A única coisa que eu posso tirar de bom proveito deste programa é a boa relação com as pessoas, que foram adoráveis", afirmou.  

Questionada sobre se tinha intenções em ir a algum restaurante do chef jugoslavo, a ex-concorrente do 'Hell's Kitchen' descartou essa hipótese. "Jamais. Só se me pagassem, e me pagassem muito bem. Se fizer parte do meu contrato eu vou, fazer o quê… Se não, tenho que pagar uma multa contratual. Se eu puder escolher eu não vou", garantiu.

Esta segunda-feira, Cândida Batista fez uma videochamada para o 'Casa Feliz', da SIC, apresentado por Diana Chaves e João Baião onde confessou que não voltava a inscrever-se no programa. "Não foi uma boa experiência. Jamais voltava a repetir", afirmou, deixando os apresentadores sem saber o que dizer.

A terceira classificada do 'Hell's Kitchen' contou ainda que a dinâmica do programa é totalmente contrária do que acontece no dia a dia nos restaurantes. "Foi divertido em algumas partes apesar de ser muito diferente da cozinha normal, da vida do restaurante", diise, justificando que só tinha 45 minutos para fazer um prato tendo em conta que nos restaurantes os menus são testados antes. 

Recorde-se que Francisca Dias foi a grande vencedora do programa

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo