Carla Lupi morre vítima de cancro

Mãe de Sara Norte estava internada há três semanas
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
importa
01 ago 2012 • 08:20

Internada há três semanas no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, Carla Lupi, 46 anos, lutou até ao fim para vencer o cancro no pulmão com que se debatia há dois anos. Na segunda-feira, o seu último dia de vida, viu o pai, conseguiu levantar-se da cadeira de rodas e, crente de que estava a melhorar, ainda enviou mensagens de carinho e esperança à mãe. Faleceu ontem, já de madrugada, deixando em choque os pais, filhos e também o ex-marido, Vítor Norte.

Contactada pelo CM, a mãe de Carla Lupi, Maria Eugénia, consternada, garantiu apenas que a filha "morreu em paz. Estava serena. À tarde, mandou-me uma mensagem com um beijinho. Estava crente na vida".

Na última semana, tinha recebido a visita do filho, Diogo, falava regularmente por telefone com Sara Norte, detida no estabelecimento prisional de Botafuegos, Algeciras, Espanha, e apenas não se conseguiu despedir da filha mais nova, Beatriz, de apenas seis anos.

A menina, fruto da relação de Carla Lupi com João Ricardo, estava à guarda do pai e só a devido tempo saberá da notícia. "O pai da Beatriz ficou muito triste e vai dar a notícia à menina com a ajuda de uma psicóloga. É um pai exemplar", explicou Maria Eugénia. Foi, aliás, por Beatriz e pelos outros dois filhos que lutou até ao fim contra a doença.

O velório realiza-se hoje e a cremação amanhã, mas, de acordo com a vontade de Carla, será uma cerimónia discreta.

CARREIRA DE ACTRIZ DURA 28 ANOS

Nasceu com o nome Carla Gaspar Branco, mas foi como Carla Lupi que ficou conhecida. Ao longo de 28 anos, foi somando sucessos como actriz. Em 1984, com 19 anos, estreou-se em ‘Ponto e Vírgula', na RTP. Trabalhou para os três canais generalistas de TV, fez teatro e passou a paixão pela representação à filha mais velha: Sara Norte chegou a contracenar com a mãe na peça ‘Há Vagas para Raparigas de Fino Trato'.

SARA LAVADA EM LÁGRIMAS NA PRISÃO

Detida há mais de cinco meses no estabelecimento prisional de Botafuegos, em Algeciras, Espanha, depois de ter sido condenada por posse de droga, Sara Norte recebeu a notícia da morte da mãe através de uma pessoa próxima da família e ficou "lavada em lágrimas". "A Sara está muito abalada porque nem se pôde despedir da mãe", revela fonte próxima da actriz.

A última vez que as duas estiveram juntas foi no aniversário de Sara Norte, no dia 8 de Abril, quando Carla Lupi foi visitar a filha ao estabelecimento prisional.

PORMENORES

NOTÍCIA

Em Outubro de 2010, é diagnosticado a Carla Lupi um cancro nos pulmões. A notícia só foi tornada pública no início de 2011.

FILHOS

Dias depois de saber que estava doente, Carla Lupi contou aos filhos Sara e Diogo.

TRATAMENTO

A mãe de Sara Norte realizou várias sessões de quimioterapia.

PRISÃO

Em Fevereiro deste ano, Carla Lupi recebe a notícia da detenção da filha Sara em Algeciras, Espanha, por posse de droga.

VIAGENS

De Fevereiro até Abril, a actriz fez três viagens para visitar a filha em Algeciras. Na última delas, o Correio da Manhã acompanhou Carla Lupi, que já estava muito magra e debilitada.

HOSPITAL

Há cerca de três semanas, Carla Lupi foi internada no Hospital dos Capuchos, Lisboa. Na segunda-feira, ainda enviou mensagens à mãe, Maria Eugénia. A actriz faleceu ontem de madrugada.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo