Carlos 'vigia' roupa de Kate Middleton

Herdeiro do trono quer que a nora gaste menos dinheiro.
O príncipe William e Kate Middleton  estão casados há cerca  de cinco anos
William, Kate Middleton
Foto: Heatchliff O'Malley/Reuters
18 set 2016 • 09:26
Marco Pereira
Kate Middleton é considerada um ícone de moda e muitos dos modelos de roupa que usa são elogiados e esgotam em pouco tempo nas lojas. No entanto, agora a mulher do príncipe William vai ter de apostar em novas tendências. É que o seu sogro, Carlos, deseja limitar o orçamento que atribui à duquesa para o seu guarda-roupa.

Segundo revelou a imprensa britânica, o herdeiro do trono britânico, de 67 anos, não quer ver Kate, de 34, a gastar quantias avultadas em roupa e acessórios e já a informou de que terá de começar a olhar para os preços das peças e a controlar os seus gastos.

William e Kate não recebem qualquer salário da casa real inglesa e é o príncipe Carlos – que anualmente tem direito a cerca de 23 milhões de euros – que lhes entrega uma quantia para os gastos. E o filho da rainha Isabel II já fez mesmo saber que o máximo que pretende atribuir para as despesas com o guarda-roupa da duquesa de Cambridge é 40 mil euros.

Kate Middleton está a tentar cumprir as ordens do sogro e, depois das férias de verão, tem optado por usar modelos mais baratos ou por ‘reciclar’ peças já vestidas.
Mais sobre
Newsletter
topo