Carolina Deslandes 'ataca' advogada do 'Você na TV': "Que Deus te dê vergonha na cara"

A cantora criticou o que foi dito sobre a morte do jovem cabo-verdiano que foi espancado em Bragança.
Carolina Deslandes
Carolina Deslandes
08 jan 2020 • 13:02
Carolina Deslandes está a dar que falar por reagir à polémica do caso de homício de um estudante cabo-verdiano de 21 anos, Luís Giovani, em Bragança, que foi espancado até à morte por 15 jovens no final do ano passado. 

A cantora decidiu partilhar um vídeo a cantar versos que escreveu sobre o que sente em relação ao caso, e não só: aproveitou para atirar 'farpas' à advogada do 'Você na TV', Suzana Garcia.  A advogada fez comentários que desagradaram os espectadores sobre a situação, e foi criticada nas redes sociais, e referiu-se às pessoas que protestam sobre a pouca exposição do caso como "gentalha"

"O tiro diz que somos gente de batalha, lá na televisão, chamam-nos gentalha. Que Deus te perdoe e te dê vergonha na cara. Se fosse o teu filho, espancado até morrer, não ias querer saber? E se fosse o teu filho não o querias no jornal? Mas não é teu filho, a ti dá-te igual.", atirou ainda Carolina Deslandes para Suzana Garcia.

"Se eu sou igual a ti, porque é que me matam e é irrelevante? Se eu sou igual a ti, porquê que consegues coisas que eu não consigo? Eu não vejo ninguém a reclamar contigo", canta Carolina no vídeo.

"A história vai ser sempre a mesma", afirm ainda, abordando indiretamente o racismo. 

Para terminar, Carolina Deslandes mostrou toda a revolta. "JUSTIÇA PARA GEOVANI. E se fosse o teu filho?", interrogou.


Os seguidores de Carolina Deslandes deixaram várias de mensagens de concordância e apoio às palavras da cantora, assim como algumas figuras públicas como Luís Borges ou Sharam Diniz. "A realidade dita de uma maneira tão bonita", "Palmas para ti", "A união faz a força", pode ler-se.

No entanto, houve quem criticasse a atitude. "Está provado que foi crime por ódio racial? Não. Ainda nem se sabe bem o que se passou...não serão prematuras estás tuas declarações?", atirou um seguidor. 

artigos relacionados
Newsletter
topo