Carolina Loureiro longe da TV e dedicada ao amor

Apesar da distância, a atriz e Vitor Kley não têm dúvidas da paixão que os une. Depois de ter gozado de alguns dias de descanso em Cabo Verde com os amigos, o rosto da SIC prepara nova visita ao Brasil, onde irá conhecer a família do namorado
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
Carolina Loureiro
29 nov 2019 • 14:40
Aos 27 anos, Carolina Loureiro conquistou o salto para a ribalta. Considerada um dos principais rostos da SIC, a atriz voltou à ficção nacional e trocou o programa semanal ‘Fama Show’ pelo papel de protagonista na novela ‘Nazaré’, que conquistou os telespectadores com a sua rebeldia e simplicidade.

Atualmente a gozar um período de descanso, após o fim das gravações da trama e sem nenhum projeto previsto em antena, Carolina tem aproveitado para se dedicar à família e aos amigos, que continuam a ser os grandes pilares da sua vida.

A atriz rumou a Cabo Verde, onde viveu uma verdadeira aventura com alguns dos amigos mais próximos e desfrutou do bom tempo que se faz sentir. Uma viagem com um sabor especial em que a artista aproveitou para visitar o pai que vive no país, com quem mantém uma relação intensa mas distante.

Relativamente à vida amorosa, a atriz também vive um momento de grande felicidade ao lado do cantor Vitor Kley. Com uma agenda repleta de espetáculos no Brasil, Vitor não pode tirar férias para estar com o seu novo amor. No entanto, o casal tem conseguido atenuar as saudades e multiplicam-se as declarações nas redes sociais. Entretanto, Vitor já fez saber que espera a visita da companheira e que a relação está cada vez mais séria.

"A minha família ainda não conhece a Carol. Mas um dia vou levá-la ao Brasil para conhecer os meus pais", disse. "O que vivo com a Carol é verdade e não importa se há distância. Se estamos perto ou longe, o que importa é que é de verdade."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo