Carolina Patrocínio sofre com críticas: "Exigem mais de mim do que das outras grávidas"

Apresentadora revela detalhes sobre a primeira gestação de um menino...
Carolina Patrocínio
Carolina Patrocínio
Carolina Patrocínio
Carolina Patrocínio
16 dez 2019 • 13:21
A gravidez de um rapaz de Carolina Patrocínio, de 32 anos, apanhou todos de surpresa, inclusivamente a própria família.

"Foi planeado um bebé qb. Queríamos quatro filhos já há bastante tempo. Estávamos à procura do rapaz, verdade seja dita. A minha família são só meninas. Sou a segunda de três irmãs, a minha mãe nunca conseguiu ter um rapaz", começou por dizer a apresentadora em conversa com Cristina Ferreira.

O rosto da SIC, que completa esta semana seis meses de gestação, revelou, ainda, que não pretendia torná-la pública, mas fê-lo por causa do marido Gonçalo Uva.

"Não gosto de anunciar as minhas gravidezes de forma precoce. Desta vez, nem foi minha intenção revelar já. Quando nascesse, eu mostrava. Faço barriga mais tarde. Na última gravidez da Carolina só anunciei a dois meses de ela nascer."

"Na primeira ecografia das 12 semanas soube-se logo. Vi logo a pilinha, não havia dúvida. O Gonçalo está louco por ter um rapaz. Ele já queria ter anunciado há muito tempo, eu é que andava a pedir para ele ter mais contenção. Estamos todos super felizes", continou.

Sobre as críticas que tem recebido nas redes sociais, Carolina quebra o silêncio assume o sofrimento: "Quando estou grávida sinto uma maior responsabilidade. Exigem mais de mim, do que outras pessoas grávidas. Se eu tivesse a infelicidade de ter um bebé antes do tempo ou prematuro, essa atenção iria recair sobre mim. Provoca-me até ansiedade."

Quanto ao Natal, a estrela do 'Fama Show' contou que é passado em família e que a comida fica à responsabilidade da sogra. "Ela faz uma tarte de perdiz e uma tarte de frango. Um Bacalhau à Brás para as crianças."

A apresentadora revelou ainda um episódio caricato com a filha Diana, na Loja do Cidadão. "Fomos à Loja do Cidadão e decidi usar a senha de prioridade. Disseram-me que não tinha direito, porque a minha filha já não é de colo. Eu disse que estava à espera de bebé. A Diana vira-se e diz: 'Não está nada'. Eu: 'estou, ainda não tinha contado e é rapaz'. Foi um dia muito confuso. Depois estive à conversa com a Diana. Agora estão sempre a perguntar quando é que o bebé nasce".


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo