Carolina Torres recorda o dia em que conheceu o pai: "Não senti nada"

Atriz viveu sem a figura paternal e revelou que não quer fazer parte da vida do progenitor
Carolina Torres
Carolina Torres
Carolina Torres
Carolina Torres
Carolina Torres
Carolina Torres
29 jan 2021 • 17:52
Carolina Torres, de 32 anos, foi criada pela mãe, sem qualquer referência à figura paternal uma vez que não sabia quem era o pai. Apenas tinha na sua posse uma fotografia que a acompanhou até aos 20 anos. 

Anos mais tarde, Carolina decidiu resolver esta questão que a acompanhou durante mais de duas décadas e em 2016 chegou à conclusão que "não quer fazer parte da vida do pai".

"Nunca tivemos qualquer tipo de contacto. Às vezes, fazia pesquisas no Facebook e nunca encontrava nada. Nesse ano, o Benfica foi campeão e, não sei porquê, lembrei-me dele, porque sei que também é benfiquista", contou num podcast à Rádio Comercial.

Esta questão levou a artista a fazer uma nova pesquisa em que consguiu mesmo encontrar o progenitor. "Já sabia que ele vivia em Inglaterra. Fui ao Facebook outra vez e, nesse dia, encontrei. Mandei-lhe uma mensagem a dizer: 'Hey! Acho que precisamos de falar.' O gajo apercebeu-se logo que era eu". 

Passados alguns meses marcaram um encontro em Portugal.  "Fomos comer uma francesinha. Falámos, conheci a minha irmã, mas não senti nada", revela.

Apesar deste ser o primeiro encontro,  Carolina Torres não quis deixar nada por dizer. "A ausência dele fez-me pensar nas coisas de outra maneira. Foi o que lhe disse: 'Tu, para mim, não eras uma coisa boa. Tinhas a opção de ser um mau pai e estares presente em vez de te afastares e deixares as coisas seguirem o seu rumo. Mas, se calhar, foi melhor assim'"
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo