Caso antigo aumenta tensão na coroa espanhola

Livro questiona morte de jovem, de 18 anos, que estava sentimentalmente ligada a Juan Carlos. É mais uma polémica na realeza.
Juan Carlos
Juan Carlos
Sandra tinha 18 anos quando morreu. Tinha tido um caso com o rei
Juan Carlos
Juan Carlos
Sandra tinha 18 anos quando morreu. Tinha tido um caso com o rei
29 set 2020 • 01:29
Rute Lourenço
É mais uma polémica na vida de Juan Carlos que, em pleno exílio, vê um novo livro questionar a morte polémica da atriz Sandra Mozarowsky, que alegadamente pôs termo à vida em 1977, quando estava a meio de uma gravidez. De acordo com o autor que está a preparar a obra, o jornalista Javier Bleda, o caso nunca foi bem explicado e acredita numa "morte por encomenda".

"Juan Carlos tinha uma monarquia oferecida por Franco. Essa estrutura podia cair, não porque o rei tinha uma amante, mas porque tinha deixado uma mulher grávida. E não esqueçamos que ela era menor quando começou a andar com ele", disse o jornalista em entrevista à Telecinco, sugerindo que a queda da jovem, então com 18 anos, de uma varanda em Madrid pode não ter sido ocasional.

Rainha acarinhada
Enquanto as polémicas com Juan Carlos não param de surgir, a popularidade da rainha Sofia dispara em Espanha. O CM teve acesso a imagens da monarca, no comboio que liga Madrid a Albacete. Segundo o especialista em realeza espanhola, Adriano Silva Martins, que assistiu ao momento, Sofia mostrou-se muito tranquila, a ler um artigo sobre o filho, enquanto era vigiada por dois guarda-costas. Quando se levantou para deixar o comboio, foi ovacionada e uma mulher gritou: "Sofia, estou contigo. Os homens não prestam." A monarca deixou escapar um sorriso.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo