Catarina Fortunato: “Tentaram matar-me”

Alegado agressor de Catarina identificado pelas autoridades.
A empresária Catarina Fortunato
A empresária Catarina Fortunato
Foto: João Miguel Rodrigues
28 nov 2018 • 01:30
A empresária Catarina Fortunato de Almeida apresentou queixa contra um homem que diz que conduzia um táxi e que a tentou matar.

"Apanhou-me em Entrecampos, por volta da meia-noite. Apontou-me uma navalha à barriga. Não sei o que queria, mas fui ajudada por outro taxista. Foi um herói", conta a empresária que apresentou queixa na 18ª esquadra.

O agressor foi identificado já na zona da Expo, mas não foi recuperada qualquer arma. Catarina também não explica o motivo de alguém a tentar matar.
Mais sobre
Newsletter
topo