Charlene encontra-se com o papa

Princesa vestiu-se de branco e usou o privilégio reservado a apenas a sete mulheres no mundo.
Momento em que Charlene do Mónaco cumprimenta o papa Francisco
18 jan 2016 • 19:21
Meghanne Barros

Alberto e Charlene do Mónaco encontraram-se esta segunda-feira com o papa Francisco, no Palácio Apostólico.

Para o encontro, Charlene decidiu vestir-se de branco, um privilégio que está reservado a apenas sete mulheres no mundo, especialmente em encontros importantes no Vaticano.

Para além da ex-nadadora olímpica, só as rainhas Letícia e Sofia de Espanha, as rainhas Mathilde e Paola da Bélgica, a grã-duquesa Maria Teresa do Luxemburgo e a princesa Marina de Nápoles estão autorizadas a utilizar a cor branca em frente ao papa Francisco.

O protocolo diz que as mulheres que se encontrarem com o líder da Igreja Católica devem usar um vestido preto sem decote, tal como a mulher de Alberto do Mónaco fez em 2013, quando o conheceu Sumo Pontífice.

Desde o Natal, altura em que foi vista a distribuir presentes às crianças do Mónaco, que a princesa ainda não tinha sido vista em público, sendo por isso esta a sua primeira aparição no novo ano.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo