Chef Olivier ataca Ljubomir e movimento 'Sobreviver a Pão e Água': "Birrinhas"

Chef Olivier da Costa defende que movimento não passou de um plano para ganhar "protagonismo".
Olivier da Costa
Chef Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Olivier da Costa
Ljubomir Stanisic
Olivier da Costa
Chef Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Olivier da Costa
Ljubomir Stanisic
14 jan 2021 • 16:20
O chef Olivier da Costa foi o convidado da rúbrica 'Cara Podre' da RFM, esta quarta-feira. À conversa com Joana Cruz e Rodrigo Gomes, o gerente e proprietário da marca 'Guilty' teceu duras críticas ao movimento 'Sobreviver a Pão e Água', liderado por Ljubomir Stanisic.

Questionado sobre porque é que não se juntou ao movimento, Olivier argumentou que não se identificou "com a ideologia da coisa": "Não me identifiquei com aquilo, acho que me identifico mais a resolver problemas e ir à guerra do que ir fazer birrinhas, portanto, arregaçar as mangas e 'vamos embora'", começou por dizer. 

Consciente de que a restauração é um dos setores mais afetados pela pandemia de Covid-19, o empresário está pronto para 'lutar' pelas suas cozinhas: "Problemas há sempre e isto, para mim, é mais um desafio e acho que estou a ultrapassá-lo. Aqueles que estão dispostos a lutar vão ultrapassar".

Sem nunca mencionar nomes, o chef não poupou nas críticas ao movimento, liderado por Ljubomir Stanisic."Aqueles que não pensaram num mau dia, agora estão com um problema e acho que os que se estão a queixar não estão muito preocupados também. Acho que era mais uma coisa de protagonismo que outra coisa", rematou. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo