Cláudia Vieira recorda o nascimento prematuro das filhas

Atriz da SIC revela que viveu momentos de angústia e preocupação com as duas meninas que nasceram de 35 semanas: "Ambas me deixaram com o coração apertadinho"
Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana
Maria e Caetana, filhas de Cláudia Vieira
Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana
Cláudia Vieira e a filha Caetana
Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana
Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana
Maria e Caetana, filhas de Cláudia Vieira
Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana
Cláudia Vieira e a filha Caetana
Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana
18 nov 2020 • 19:02
O papel de mãe é aquele que abraça com mais emoção e Cláudia Vieira fez questão de assinalar o Dia da Prematuridade uma vez que as duas filhas, Maria e Caetana nasceram prematuras, às 35 semanas de gestação. 

"Dia da prematuridade. Ambas nasceram de 35 semanas, ambas foram umas lutadoras, ambas não necessitaram de ajuda para respirar... ambas me deixaram de coração apertadinho (ainda deixam)! Maria, 35 semanas e 4 dias, 2.620 kg. Caetana, 35 semanas, 1.900 kg", pode ler-se na publicação de Cláudia em que destaca a força das meninas e recorda os momentos de angústia que viveu após o nascimento.. 

O rosto da SIC aproveitou a ocasião para deixar algumas palavras de força: "A todas as mães aqui fica uma mensagem de força e coragem! A vida é dos guerreiros".

Recode-se que Maria, de dez anos, é fruto da ex-relação da atriz com Pedro Teixeira. Caetana, de dez meses, nasceu da atual relação com o empresário João Alves. 




Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo