Cláudio Ramos arrasa comentadores do 'Big Brother': "A maioria gosta de ter atenção"

Apresentador elogiou Pipoca Mais Doce e criticou os comentadores do reality show pela sua postura.
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Pipoca Mais Doce
Pipoca Mais Doce
Pipoca Mais Doce
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Pipoca Mais Doce
Pipoca Mais Doce
Pipoca Mais Doce
11 fev 2021 • 12:18
Sem dó nem piedade! Foi assim que Cláudio Ramos arrasou a maioria dos comentadores do 'Big Brother - Duplo Impacto', num texto publicado na 'TVMais'. O apresentador do reality show elogiou Ana Garcia Martins, mais conhecida por Pipoca Mais Doce, e teceu duras críticas ao painel de comentadores do programa, acusando-os de quererem protagonismo. 

"É impossível não se olhar e perceber que ela criou um estilo para comentar sem se colar à imagem de ninguém. Podem criticar muito, amar, odiar, mas é o estilo dela", disse, referindo-se a Pipoca.

No entanto, os elogios ficaram por aqui e deram lugar a críticas. Ao contrário da blogger, os restantes comentadores não souberam "criar uma identidade": "O que acontece depois – e que aborrece – é a falta de criatividade num painel de mais de dez comentadores que vão rodando entre si e que na grande maioria – não todos – não souberam criar uma identidade. Se a Pipoca diz, eles dizem também". 

"Na maioria das vezes, os comentadores opinam para dentro. E o que é isto de comentar para dentro? É tecerem comentários preocupados com o que dizem as redes sociais e com o que se escreve no dia a seguir na imprensa; preocupados em eles próprios serem o motivo do comentário e muito pouco focados no jogo"
, afirmou. O comunicador não se ficou por aqui e foi mais longe ao sugerir que a maioria do painel quer protagonismo: " (...) a maioria dos comentadores gosta de ter atenção e esquece-se que os protagonistas não são eles, mas sim os concorrentes". 

"Já ouvi de tudo nestes comentários. Já ofenderam concorrentes e os seus familiares, já questionaram a produção, já deram palpites no que faz o 'Big Brother'. Isto é ter zero noção do trabalho de cooperação de um programa"
, disse. De acordo com Cláudio, os comentários "devem ser feitos livremente, mas dentro dos limites que não resvalem para lá do bom senso, ou seja, devem ser comentários a um jogo e não plataforma de vaidade para ver quem aparece mais".

O anfitrião de 'Dois às 10' acusou ainda alguns comentadores de quererem imitar Pipoca, dizendo que há "dois ou três que sabem o que estão a fazer e os outros que dão opiniões e que querem ser a 'Pipoca’". "Não adianta! Fica mal. É feio. A 'Pipoca' só há uma e por isso é ela que está nas galas", atirou. 

"O 'BB' é ótimo para os concorrentes e é uma tábua de salvação para muitos comentadores que, sem ele, não tinham uma plataforma para se exibirem", rematou. 


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo