Cláudio Ramos confirma mágoa de Cristina Ferreira: "Está triste porque me quer ao seu lado"

Novo rosto da TVI dedica longo agradecimento à rainha das manhãs.
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Claudio Ramos, Cristina Ferreira
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Cristina Ferreira, Claúdio Ramos, SIC
Claudio Ramos, Cristina Ferreira
11 fev 2020 • 00:16
Cláudio Ramos utilizou agora as redes sociais para despedir-se de Cristina Ferreira. O apresentador abandonou a SIC e mudou-se para a TVI onde vai conduzir o novo 'Big Brother'. Num longo texto dedicado a apresentadora, deixa um profundo agradecimento.

O novo rosto da televisão de Queluz de Baixo confirma a mágoa vivida pela rainha das manhãs.

"A minha Cristina, sei que a está ‘triste’ não comigo, mas pela situação. Está orgulhosa porque me viu sair na procura do que quero, mas triste porque me quer ao seu lado. Ela é das que gosta que as pessoas não tenham medo de mudar, de arriscar, de acreditar." 

O 'vizinho' agradece todas as oportunidades que teve no decorrer do último ano. 

"A Cristina para mim foi gigante. Eu sabia que ia ser assim que nos encontrássemos. Deu-me espaço e a liberdade de me reinventar. Deixou-me criar um ‘vizinho’ que entrou em casa e no coração de toda a gente e isso, por mil anos que viva, nunca me irei esquecer."

"Tenho claro na minha cabeça que a nossa história não acabou aqui, como tenho claro que em outra vida qualquer já nos tínhamos cruzado. Sei que nunca lhe falhei, mesmo quando eventualmente, entre ela e os seus botões, pudesse ter medo que eu falhasse, porque correu riscos e confiou. É difícil confiar neste meio. Dei sempre o melhor de mim ali porque sei a responsabilidade que ela teve ao lançar o meu nome para a frente", continuou. 

Cláudio assumiu na mensagem que viveu um verdadeiro "tormento" nos últimos dias desde que acordou a mudança para a TVI com Nuno Santos, atual diretor de programas do canal. Revela, ainda, que visitou o Santuário de Fátima para se encorajar para a fase que se avizinha.

"Nesta mudança tive a [Cristina] todos os dias na cabeça. Mas ela entende de mudanças e percebe uma alma inquieta à distância. No dia que estreou o seu programa fui a Fátima cumprir uma promessa que fiz em nosso nome. Ela como Eu acredita em Nossa Senhora de Fátima, e quando voltei ao santuário por estes dias na procura de respostas, também lá estava o nome dela em cada reflexão porque por muito que a vida mude, que eu vá para aqui ou ela para ali, o que não quero mudar é o que o meu coração sente por ela. Está gravado. Vai ficar guardado num lugar bom, onde só cabem coisas boas. Vou fazer de conta que é uma caixa cheia de brilhantes por fora, como o mundo a vê, mas suave e sossegada por dentro, como o mar a sente e como eu a percebi. Sempre!" 

Na última frase do texto, o 'vizinho' despede-se com um "até já".

"Até já minha vizinha do coração. Sabes melhor que ninguém que amar é ‘deixar ir’. Não sei se tive tempo de te dizer hoje. Gosto muito de ti e chego a acreditar que entre nós é amor."

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo