Colegas reagem à morte de Tozé Martinho: "Estava muito debilitado"

Atores deixam mensagens de homenagem ao conhecido ator e argumentista, que morreu aos 72 anos.
16 fev 2020 • 19:45
Com uma profunda saudade. É desta forma que a morte de Tozé Martinho, aos 72 anos, deixa amigos e colegas do meio artístico.

Nas redes sociais, as homenagens ao ator e argumentista - que faleceu este domingo, no Hospital de Cascais, depois de se ter sentido mal - multiplicam-se.

António Barreira, que trabalhou com o guionista da novela 'Dei-te Quase Tudo', fez questão de deixar a sua homenagem e lamentar que as portas se tivessem fechado no mundo profissional para Tozé.

"Estou em choque com a notícia da morte do Tozé. Companheiro de profissão, presenteou os portugueses com ótimas histórias. Partilhámos a novela 'Dei-te Quase Tudo'. Ficámos próximos e com um enorme respeito um pelo outro. Encontrei-o há não muito tempo. Estava debilitado. Queria voltar a escrever mas tinha as portas fechadas. Uma lástima para quem tanto deu à ficção nacional. Descansa em Paz, Tozé", escreveu.

Também Lili Caneças, que partilhou várias festas e momentos de animação com Tozé no Casino, lembra um homem que, no seu tempo, "era um galã". "Ele partia corações", diz, recordando a última vez que o viu, há pouco tempo, no Casino Estoril.

"Estava muito debilitado, depois de ter sofrido um AVC e nessa vez pensei que poderia ser a última vez que o via. É muito triste".

O ator Victor de Sousa, que acompanhou o percurso artístico de Tozé, também reagiu com grande dor à perda de "um profissional muito dedicado e que amava aquilo que fazia".

Francisco Moita Flores foi outro dos amigos que prestou homenagem a Tozé.

"Tozé Martinho, adeus! É com lágrimas no coração que te digo adeus, Tozé! Foste, com o nosso Nicolau Breyner, um dos principais construtores da grande ficção televisiva. Actor, argumentista, homem do espectáculo, de sorriso fácil e gestos doces. Não tinhas o direito, tal como ele não tinha, de nos deixarem assim tão órfãos e tão cedo. Até sempre, meu caro. Até sempre!"

Marcelo deixa mensgaem de pesar

Prontamente, Marcelo Rebelo de Sousa reagiu à morte de Tozé Martinho, deixando a sua mensagem de pesar.

"Desde 1977 que Tozé Martinho era conhecido dos portugueses, data em que se estreou no célebre programa "A Visita da Cornélia", em companhia de sua mãe, a atriz Maria Teresa Ramalho (Tareka).

Cinco anos depois, estreou-se como ator em Vila Faia, a primeira telenovela portuguesa, e nas décadas seguintes tornou-se num dos atores e guionistas portugueses mais ativos, em novelas da RTP e da TVI, além de séries, telefilmes e algum cinema.

Durante todos esses anos esteve presente no nosso imaginário pelos recorrentes papéis de personagens empáticas, decentes, confiáveis.

No momento em que nos deixa, precocemente, apresento à sua família os meus sentidos pêsames".

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo