William e Harry recordam dia em que souberam da morte de Diana

Príncipes dizem que o príncipe Carlos foi um poço de força.
princesa Diana
princesa Diana
Foto: Getty
24 ago 2017 • 01:30
Rute Lourenço
Vinte anos após a morte da mãe, William e Harry falam pela primeira vez abertamente sobre a mais dura perda das suas vidas e, num documentário sobre a princesa Diana, recordam o momento em que o pai, Carlos, lhes contou que a mãe tinha perdido a vida num acidente de carro, em Paris.

"Como é que se diz aos filhos que a mãe morreu? É a coisa mais difícil. Mas o nosso pai esteve lá para nós. Fez o melhor para nos proteger, cuidou de nós. Também para ele foi um momento muito difícil", recorda o príncipe Harry, que tinha 12 anos quando ficou órfão de mãe.

Também William garante que o fatídico dia está bem gravado na sua memória. "Parecia que estava anestesiado. Fiquei muito, muito confuso e não parava de perguntar: ‘Porquê a mim?’", conta, recordando a surpresa que sentiu quando viu milhares de pessoas a chorar à porta do Palácio de Kensignton por Lady Di.

"Não conseguia perceber porque demonstravam tanta emoção, quando nem sequer conheciam a nossa mãe".

Vinte anos depois, os irmãos admitem que nunca irão ultrapassar a perda. "Penso todos os dias em como seria se a tivesse por perto. Sentimos muito a falta da nossa mãe", diz William.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo