Cristiano Ronaldo evita desperdício de comida no hotel CR7

O jogador da Juventus decidiu aproveitar os restos alimentares do hotel e aderiu a uma aplicação para o mesmo efeito.
Jóias de Cristiano Ronaldo não passaram despercebidas
Jóias de Cristiano Ronaldo não passaram despercebidas
Foto: ALI HAIDER / EPA
02 mar 2020 • 17:14
Cristiano Ronaldo mostra-se preocupado com o desperdício alimentar e o seu hotel, o Pestana CR7 em Lisboa, tomou uma medida contra esse problema.

A medida estabelece que o hotel se junte a uma aplicação que tem atuado contra o desperdício alimentar.

Os excedentes do pequeno almoço da unidade hoteleira do internacional português, situado no centro de Lisboa, podem ser comprados a preços acessíveis, evitando, dessa forma, que vão para o lixo, através da aplicação online chamada 'Too Good to Go', que, em português, é "demasiado bom para ir [para o lixo]".

De acordo com uma explicação, "o conceito tem crescido em Portugal e são cada vez mais pessoas a salvar refeições. Os utilizadores da aplicação Too Good To Go podem agora comprar Magic Boxes deste hotel de 4 estrelas. Nestas Magic Boxes, o utilizador Too Good To Go vai encontrar excedentes alimentares do buffet de pequeno-almoço do hotel, que podem ser levantados na recepção do Hotel Pestana CR7 Lisboa, seguindo a dinâmica de qualquer outra compra dos estabelecimentos disponíveis na aplicação". 

Até ao final deste ano, a aplicação 'Too Good To Go' pretende chegar a mais cadeias e hotéis nacionais e internacionais, para combater o desperdício alimentar, o que pode representar um aumento da eficiência e do lucro destas cadeias e contribuir para uma redução significativa da pegada ambiental de qualquer operação.

Recorde-se que, além do hotel de Cristiano Ronaldo, em Lisboa, o craque também investiu em abrir mais uma unidade hoteleira de luxo na Gran Vía, em Madrid.


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo