Cristina Ferreira denuncia falhas no contrato com a SIC

Estrela recusa pagar 20 milhões à estação e já está a preparar a sua defesa.
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
26 ago 2020 • 01:30
Rute Lourenço
No início de setembro, termina o prazo dado pela SIC a Cristina Ferreira para pagar os 20 milhões de indemnização pelos prejuízos causados pela estrela ao rasgar o contrato que a ligava à estação. A apresentadora já fez saber que não paga e o caso irá seguir para tribunal, onde Cristina promete não tornar a vida fácil aos rivais.

Segundo o CM apurou, o rosto da TVI vai estar a trabalhar ao lado dos advogados para definir a estratégia a usar na Justiça, onde promete denunciar falhas no contrato que a ligava à estação de Paço de Arcos. "A Cristina pretende alegar saída por justa causa, uma vez que há coisas que estavam contratualizadas e que a SIC não cumpriu", diz uma fonte.

Quando assinou contrato com a SIC, por exemplo, ficou estipulado que Cristina assumiria o cargo de consultora-executiva da direção de Entretenimento, algo que nunca aconteceu. "Nunca lhe foi dada essa abertura. Todas as decisões sempre foram tomadas exclusivamente pelo Daniel [Oliveira], que nunca deu margem à Cristina para participar", explica a fonte.

Definido estava também que, além de ser um rosto das manhãs, Cristina iria ter um grande formato de entretenimento, que nunca chegou a existir.

Da parte da SIC, serão esmiuçadas as quebras nas receitas publicitárias, nomeadamente os patrocinadores que bateram com a porta aquando da saída de Cristina.
A guerra promete ser acesa em tribunal, com as duas partes a defenderem a sua estratégia.

Entretanto, Cristina continua a gozar férias a bordo de um iate de luxo. Segundo o CM apurou, a apresentadora está acompanhada, em segredo, pelo modelo Ruben Rua.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo